O medo é uma falta

Hoje vou dividir com vocês uma das minhas filosofias meio loucas, não sei se irão concordar, mas para mim faz sentido. Borá filosofar:

Y87IjcvfpERNSeKYkfDKbA

Cuidado com o medo; ele adora roubar sonhos.

O medo é uma falta, não simplesmente uma falta de coragem, o que é o óbvio. Mas uma falta de algo na nossa criação, talvez um trauma, algo que presenciamos e que não queremos que se repita conosco.

Para entender melhor, por exemplo, uma criança que presencia o casamento fracassado dos pais, fica condicionada a achar que todo relacionamento é assim. É algo natural do nosso organismo para proteção, como quando colocamos o dedo na tomada e descobrimos que não é seguro. Porém nas relações humanas não é assim que funciona, as pessoas são diferentes, os casamentos são diferentes e quem sabe aquela menina (o) nunca consiga acreditar no amor, por lhe faltar um lar feliz e um exemplo que o amor é real.

Ou o contrário a pessoa que tem medo de terminar um relacionamento o qual não esta feliz. O temor de não encontrar outro alguém, da solidão, de começar tudo de novo. Se refletirmos um pouco, talvez ela não tenha recebido carinho ou afeto na infância ficando presa naquela união, por ter sido o único lugar onde encontrou o que lhe faltava: uma atenção especial, se sentir amada. Pode ser também que foi criada sozinha pelo seu responsável e este se fechou para o amor, sem nenhuma relação conjugal. Essa pessoa quando cresce pode criar um pavor da solidão e se apegar muito a quem está ao seu lado.

Existe também o receio de tentar o novo, pelo simples fato de já estar acomodado com o que tem. Nosso organismo pensa assim: “- Vei se tá respirando fica de boa, não joga adrenalina para cá.” E alguns ficam estagnados até sonham, tem metas, mas o medo os paralisa de tal forma que não conseguem tomar decisões como se inscrever em um curso que não é tão rentável, mudar de emprego ou pintar o cabelo de roxo. Porque sempre escutou do seu pai ou de um parente que profissão X não é boa, ou emprego Y não dá dinheiro e que o roxo não combina com seu tom de pele. Fica ali na zona de conforto, simplesmente por ser mais fácil. E agora o que falta? Falta a aceitação daqueles que são importantes para ela.

Mas será que essa pessoa já parou para pensar que para ela a profissão X é boa, e que dinheiro não é tudo, e sente que um cabelo roxo a expresse mesmo não combinando com seu tom de pele? O quero dizer com isso tudo é que o medo é algo natural, porém pode atrapalhar muito. Sempre que sentir temor de algo, respire e raciocine: O que me leve a sentir isso? Essa relação realmente vai me deixar feliz? Essa ação vai me fazer sentir confortável comigo mesma?

Perder o medo é um exercício diário, afinal lidamos com ele constantemente. Precisamos aprender quando ele esta ali para nos proteger e quando ele nos trava de ser o que realmente somos. Obrigado por me lerem o post até aqui. Gostaria de saber se já sofreu com o medo de tomar alguma atitude? Se sim me conte e diga se concorda comigo.

” As pessoas têm medo de mudanças… Eu tenho medo que as coisas não mudem”. – Chico Buarque

*Dedico este post a minha irmã Mari, afinal foi ela quem me deu a ideia. Te amo maninha. 🙂

Até mais,
Luh.

Anúncios

Sobre Luh Alves

"Luana Alves – 21 anos, mineira, aquariana inconstante e apaixonada pela vida, viciada em livros e louca por séries."
Esse post foi publicado em Reflexões e marcado . Guardar link permanente.

11 respostas para O medo é uma falta

  1. Laércio Becker disse:

    Vc devia filosofar mais aqui no blog! (Com ou sem sugestão da Mari, rs.)
    Excelente!

    Curtido por 1 pessoa

  2. laynnecris disse:

    Que texto mais maduro e reflexivo. Adorei ler. Realmente o medo é uma defesa, no entanto, se vivemos com medo ele nos deixa estagnados.

    Um grande abraço

    Laynne Cris

    Curtido por 1 pessoa

  3. Amei o texto! Todos sempre me dizem que sou muito acomodada, que não gosto de sair da minha zona de conforto. O medo sempre me atrapalha muito e seu texto me fez repensar isso.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Tenho medo de contar os meus medos.

    Curtido por 2 pessoas

  5. Lari Reis disse:

    Acho que o medo pode sim estar relacionado à uma falta, ou várias delas.
    Falta de confiança em si, falta de coragem para tentar o novo, falta de capacidade de enxergar outras possibilidades… E, por mais que isso tudo soe negativo (e é), não é uma crítica às pessoas propriamente. O medo faz parte da natureza humana. Mas, é interessante que a gente vá aprendendo a preencher essas faltas!

    Curtido por 2 pessoas

  6. O medo do desconhecido e o medo de mudar travam mesmo. Excelente post garota. Parabéns! Abraço!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe seu comentário e sera respondido...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s