Metas de Leitura

tumblr_lsxkxsrp0h1qzhokmo1_1280vvv

Fala galera, tudo bom?!

Eu e a Luh resolvemos fazer um desafio diferente, um desafio pessoal esse ano. Então escolhemos 12 livros pra contar a história deles pra vocês ao longo desse ano que se inicia… Eu sou a Malu e esses são os meus escolhidos, bora lá?!

Janeiro
A improvável jornada de Harold fry – Rachel Joyce
Bom, esse livro primeiro me chamou muito atenção pela capa, é, a capa gente… Eu adotei ele e mais outros de uma pessoa maravilhosa chamada Thaís e então resolvi começar meu ano com esse mais novo filho!  Além de a sinopse me instigar muito… procurem e me entenderão!

Fevereiro
Onze Minutos – Paulo Coelho
Esse livro é uma história de amor (entre eu e ele) já o li, mas, quero muito compartilhar com vocês essa história MARAVILHOSA, e aproveitar pra reler ele também!

Março
Pequena Abelha – Chris Cleave
Pequena Abelha já é uma história de luta… Já comecei a ler esse livro nem sei mais quantas vezes, apesar da história ser fantástica (porque a Luh já me falou) eu nunca consegui terminar… mas é minha meta pra 2016! Terminar os intermináveis!!

Abril
Ela confiou na vida – Zibia Gasparetto
Bom, eu sou apaixonada por livros espíritas, leio sempre, tenho vários e resolvi compartilhar com vocês minha experiências com esse tipo de tema e também por amar demais a Zibia. (Zibia me dá um autógrafo!!)

Maio
A garota no trem – Paula Hawkins
Bom, esse livro ficou muito famoso esse ano, li a sinopse e fiquei curiosa!

Junho
A estrela do diabo – Jo Nesbo
Outro que me conquistou pela sinopse e pelo peso de seu título, adoro livros de suspense… Já estou roendo as unhas!

Julho
A história Secreta – Donna Tartt
“Donna Tartt surpreende pelo talento com que combina a densidade psicológica e o vigor poético de um texto clássico com a trama complexa e o ritmo alucinado dos melhores romances policiais contemporâneos… “
Preciso dizer mais alguma coisa?!

Agosto
Agosto – Rubem Fonseca
Outro autor nacional, esse livro e uma mistura de romance e política. Confesso que o que me chamou mais atenção, foi seu nome e capa. E eu não poderia ler esse livro em outro mês que fosse, né! 🙂

Setembro
Os impostores – Chris Pavone
Mais um suspense… apaixonada? Lógico! Totalmente… Os Impostores conta a história de um casal, simples e comum, mas que se vê um uma saia justa, capaz de comprometer até suas vidas.

Outubro
Rio 2054 – Jorge Lourenço
Esse livro, na verdade é um conhecimento… Além de ser de um escritor brasileiro, ele se passa no Rio, em um futuro meio sombrio e desolado.

Novembro
O Xango de Baker Street – Jô Soares
Esse também já li e reli… Mas não seria justo, não dividir com vocês esse livro maravilhoso do meu amado Jô.

Dezembro
A Queda para o alto – Herzer
Esse acredito ser um dos primeiros livros grandes que li, lá por volta dos meus 11 anos, me lembro de não falar mais em nada por semanas a não ser desse livro, lindo e forte.


Oi Pessoal,

Agora é minha vez de lhes apresentar meus livros para 2016, confesso que tenho um pouco de medo de não concluí-lo. Mas desafio tem que ser difícil, não é mesmo? ( Luh)

Janeiro
A 5° onda #1 – Rick Yancey
Apesar de ter um medinho de et’s, esses seres me instigam. E como o livro trata deste assunto e foi muito aclamado pelos críticos e leitores, estou muito curiosa para conferir essas páginas.

Fevereiro
A seleção (saga) – Kiera Cass
Motivo da escolha: Capas e por ser uma série leve.

Março
Ouro – Chris Cleave
Do mesmo autor de “Pequena Abelha”, que foi um livro fascinante e que marcou muito. Estou ansiosa para conferir essa nova história sobre os limites da resistência humana.

Abril
Fahrenheit 451 – Ray Bradbury
Mais uma distopia. hehehe
Neste mês escolhi um livro pequeno, mas que escuto falar muito bem dele. Espero gostar da leitura. 🙂

Maio
As Crônicas de Nárnia (Volume Único) C. S. Lewis
Pretendo voltar  a infância e mergulhar nas 700 páginas deste universo paralelo. Espero me divertir nesta aventura!!

Junho
O Apanhador de Sonhos – Stephen King
Mais um livro que trata de criaturas alienígenas (hahaha). Eu já havia começado a leitura e a abandonei, agora irei dar uma nova chance ao livro.

Julho
Extraordinário – R. J. Palacio
Porque sim. 🙂

Agosto
Laranja Mecânica – Anthony Burgess
“é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século XX. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick, é uma obra marcante: depois da sua leitura, você jamais será o mesmo.” Apenas.

Setembro
Will e Will – Um nome, um destino – John Green

Outubro
1984 – George Orwell
“só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade – só o poder pelo poder, poder puro.” – ainda não sei o contexto desta citação, mas soa doentia não acham??

Novembro
Crime e Castigo – Fiódor Dostoiévski
A muito tempo iniciei a leitura deste livro e acho que não terminei. Assim sendo, pretendo retoma-la, porque pelo que me lembre gostei muito da trama e gosto dos livros deste autor. (reconheço tenho uma queda por clássicos.) 

Dezembro
Ensaio sobre a Cegueira – José Saramago
“Este é um livro francamente terrível com o qual eu quero que o leitor sofra tanto como eu sofri ao escrevê-lo. Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento e é simultaneamente uma das experiências mais dolorosas da minha vida. São 300 páginas de constante aflição. Através da escrita, tentei dizer que não somos bons e que é preciso que tenhamos coragem para reconhecer isso.” José Saramago.

E aí, curiosos para saber se iremos cumprir nossas metas? Nós também, Hahaha. Acompanhem o blog e vejam nossa evolução. Ah! Não esqueçam de nos contar suas metas de leitura para 2016.

Beijos da Luh e da Malu.

Anúncios

Sobre Luh Alves

"Luana Alves – 21 anos, mineira, aquariana inconstante e apaixonada pela vida, viciada em livros e louca por séries."
Esse post foi publicado em livros, Metas de leitura e marcado , , , . Guardar link permanente.

39 respostas para Metas de Leitura

  1. Adorei a lista e tem alguns que quero ler e outros que já li. O pequena abelha ta na minha lista a tempos e nunca compro hahaha.

    Beijos e boa leitura vou seguir aqui para acompanhar as resenhas ao longo do ano.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Laércio Becker disse:

    PS: ontem, conversei aqui com alguém sobre a diferença entre o prazer, a rotina e a obrigação. Sobre como certas atividades que começam como prazer se arriscam a virar rotina e, depois, passam a ser obrigatórias.
    Bem, para nós aqui, creio que está claro que a leitura, ainda que rotineira, sempre dará prazer (é uma rotina prazerosa, rs). Mas me pergunto o seguinte: ao estabelecer metas de leitura, não se corre o risco de transformar o prazer em obrigação?
    Claro que me pergunto isso porque – reconheço – não tenho disciplina suficiente para estabelecer metas de leitura. Leio o que me dá na telha, rs. Ou seja, é como se eu me justificasse: “as uvas estão verdes”…
    Mesmo assim, estendo a vc essa dúvida, caso queira…
    bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Luh Alves disse:

      Olá, Laércio desculpe demorar em responder antes havia feito uma resposta, mas não sei como a perdi antes de enviar.
      Enfim…
      Acho que esse é um risco que devemos correr. Talvez se pensar o inverso: ao invés do prazer se tornar obrigação; a obrigação se torna um prazer. Afinal se tem que fazer algo, antes algo que nos dê prazer. Mas existem prezeres que se possível devemos cuidar para não perdê-lo, pois entendo que ele muitas vezes é alcançado em doses homeopáticas e é difícil acertar essas doses (ex: o chocolate é bom, mas demais pode enjoar ou trazer uns quilos a mais).
      Com as metas eu procuro listar livros que queria muito ler e aumentar meu número de leituras, para no mínino uma por mês (o que não é difícil) quem sabe no fim ano quando eu alcançar (ou não) a meta Descubra que na verdade as uvas não estavam verdes.
      Espero que tenha entendido algo, pq minha a resposta ficou um pouco confusa kkk.

      Curtido por 1 pessoa

      • Laércio Becker disse:

        Olá, Luh! Puxa, ainda bem que foi isso. Como vc não tinha respondido, pensei que talvez eu tivesse me expressado mal, quando minha intenção era apenas conversar sobre isso – que é uma coisa que me incomoda, a ponto de ter um rascunho de post exatamente sobre essa distinção entre prazer-rotina-obrigação, mas ainda não está “maduro” para publicação.
        Acho que sei o que vc está falando sobre perder o texto do comentário. Já aconteceu comigo também. É quando a gente escreve a partir do “sino” e, sem querer, em vez de clicar na barra de rolagem do comentário, clica na outra: perdemos todo o rascunho.
        Gostei muito do seu comentário porque vc tocou numa questão muito importante, do ponto de vista psicanalítico, que é a do princípio do prazer “versus” princípio da realidade. E o seu exemplo do chocolate foi perfeito, nesse sentido: o prazer em comer chocolates está – paradoxalmente – no fato de não o comermos o tempo todo. Ou seja, as nossas contingências, as nossas obrigações, tudo isso pode ser chato (e normalmente é, rs), mas é justamente graças a elas que temos prazer nas coisas que fazemos apenas quando podemos.
        No caso, voltando ao ponto inicial, confesso a vc que essa questão do prazer-rotina me incomoda justamente no que diz respeito a manter um blog aqui no WP. Por um lado, é muito bom o contato com gente legal como vc :), mas por outro, parece que o blog cria uma expectativa de rotina que obriga a uma rotina… Para ser franco, se já não tivesse desenhos prontos, já estaria “dando um tempo” no WP, para conseguir “tocar a vida” – que continua em seu curso, a gente querendo ou não (e cobrando a conta, rs).
        Enfim, desculpe o desabafo, mas é que estou realmente nesse dilema. Admira-me muito como vc consegue dar conta disso tudo.
        bjs

        Curtido por 1 pessoa

        • Luh Alves disse:

          Muito interessante você fazer um post com esse tema, visto que eu me confundi e refleti ao responde-lo. A resposta anterior, realmente foi pelo sino, agora que você falou que reparei que tem a opção de excluir.
          Quanto ao WP, também me deparo com esta situação. O pior é que a cobrança parte de nos mesmos e esta ao meu ver é uma das piores, mas procuro não me desesperar e têm algumas semanas que eu não posto porque me canso um pouco da plataforma. Na verdade consigo manter posts regulares porque atualmente não tenho nenhuma outra preocupação (o que daqui algumas semana irá acabar e não sei como vou me organizar, porque realmente manter o blog atualizado demanda um tempinho).
          Espero que ainda tenha muitos desenhos guardados, eles são demais. (Sem cobranças kkk)

          Curtido por 1 pessoa

          • Laércio Becker disse:

            Muito obrigado!
            Pois é, a questão do formulário de resposta do “sino”: isso aconteceu quando eu estava respondendo, como agora, e queria ler o início do comentário que eu respondia. Aí, em vez de clicar na barra de rolagem do “sino”, cliquei na da própria página: pimba! perde-se o rascunho.
            Sim, cansar da plataforma, é bem isso. Estou há pouco tempo aqui e já começo a bocejar, rs.
            Um dos piores problemas aqui é que não consigo limitar o número de posts por página. Porque do jeito que está, é praticamente impossível o leitor chegar nas opções de categorias e tags. Sempre que puxa a barra de rolagem para o fim, a página continua carregando… é muito chato. O ideal seria tentar colocar as categorias e tags no início do blog, mas quem disse que consigo? rs. Já tentei ver no “ajuda” e nada. Isso tudo só provoca mais um bocejo, rsrs.

            Curtido por 1 pessoa

            • Luh Alves disse:

              Nossa que chato vou dar uma olhada aqui mais tarde e te digo como eu fiz, quem sabe dá certo no seu tema.

              Curtido por 1 pessoa

              • Laércio Becker disse:

                OK, obrigado. 🙂
                Mas infelizmente acho que não é um problema do tema, mas de ser plano gratuito…

                Curtido por 1 pessoa

                • Luh Alves disse:

                  Vdd é isso msm, pensei que queria adicionar categorias.

                  Curtido por 1 pessoa

                  • Laércio Becker disse:

                    Duas perguntas, só para saber se é essa realmente a causa da limitação do meu blog: o seu plano é gratuito? e qual é o “tema”? Obrigado!

                    Curtido por 1 pessoa

                    • Luh Alves disse:

                      O meu tema é gratuito tbm. kkk
                      O nome do tema é Twenty Ten, mas tem vários legais, o nome do tema fica sempre no fim do blog,caso vejo algum que se identifique por aí. (acho que todos que tem wordpress no endereço de email são gratuitos).
                      O do meu blog a tema aparece igual o do PC no celular ( o que é legal). Mas eu alterei e
                      ativei a tela móvel. Com ele o post fica inteiro na tela do celular.
                      Vou dar o passo a passo para vc verificar como fica no seu tema atual ou mesmo se quiser alterar: Meu site – painel WP admin – aparência – móvel – ativar tema móvel – sim e atualizar.
                      Qlq coisa pode falar comigo que tento te ajudar.

                      Curtido por 1 pessoa

                    • Laércio Becker disse:

                      Luh, muito obrigado! Como sou novato aqui no WP, isso tudo me é muito estranho e confuso. O que se associa ao fato de que sou um semi-analfabeto digital, rs. Vou seguir esse passo a passo e ver isso com calma. Obrigado! 🙂

                      Curtir

  3. Laércio Becker disse:

    Duas belas listas…
    Que pérola, a citação de 1984. Infelizmente, atualíssima…
    bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Luh Alves disse:

      Após George Orwell em “A Revolução dos Bichos”, mostrar que “O poder não é um meio, é um fim em si.” e que muitos corruptos enganam a maioria com promessas de igualdade e quando conseguem o poder provam que “Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros.” Fiquei fascinada por ler algo mais deste autor. Estou ansiosa para está leitura. 🙂

      Curtido por 1 pessoa

      • Laércio Becker disse:

        Luh, admiro sua determinação em respeitar a ordem da lista, rsrs. Diante dessa frase que vc trouxe, sobre o poder como fim e não meio (que nos obrigaria a reler Maquiavel), acho que eu não resistiria à tentação de alterar a ordem. Aliás, não foi Oscar Wilde quem disse? “Posso resistir a tudo, menos a uma tentação”? 😀

        Curtir

        • Luh Alves disse:

          Posso ser sonhadora, mas acredito em alguma solução para o dilema do poder X corrupção. (Afinal, se acabar a esperança o que resta?) Porém me atenho a dizer isso sobre o assunto, porque não o conheço.
          Sinceramente este mês já alterei minha meta para o livro O Fim da Infância – Arthur C. Clarke Hahaha. Como ele não é muito grande, logo depois vou ler 1984 porque seu comentário me deixou muito curiosa. 🙂
          A respeito, qual obra de Maquiavel me indica? Pasme ainda não li nada dele. 😓

          Curtido por 1 pessoa

          • Laércio Becker disse:

            Ô, Luh, não se guie por mim porque eu também não li 1984, rsrs. Só conheço de ouvir falar. Corrigindo: de muito ouvir falar, rs. E bem, é claro. O que me chamou a atenção foi a sua própria citação, de “A revolução dos bichos”… Enfim, estamos num quadrante da história que nos compele a esse tipo de leitura.
            Olha, como já vi que vc prefere ler ficção, Maquiavel escreveu ficção, como a peça “Mandrágora”. Mas a obra que o imortalizou foi de não-ficção: “O príncipe”. É curta, de capítulos curtos e linguagem clara e acessível. (O mais complicado é lidar com duas palavras italianas que não têm tradução exata no português: “virtù” e “fortuna”.)
            Essa obra se apresenta como um manual para os governantes, no qual as recomendações de estratégia política se sobrepõem totalmente a qualquer obstáculo ético. Por isso, a conotação pejorativa da palavra “maquiavélico”, para quem é frio e calculista.
            Só que há outra leitura possível (e que prefiro), inaugurada por D’Alembert, se não me falha a memória: Maquiavel não precisava ensinar os governantes, porque eles já sabiam; foi só um pretexto para ele expor ao povo como é que ele é governado…
            Maquiavel é muito citado pelo princípio de que “os fins justificam os meios”. Só que isso não está escrito com todas as letras. Já li e reli várias vezes o cap. 18, que deveria ser sobre o assunto, inclusive numa edição bilingüe, não é bem isso que está lá. Mas, talvez o espírito geral da obra exprima justamente esse modo de pensar.
            Enfim, é isso. Ainda pretendo escrever um post sobre Maquiavel, mas cadê o tempo? 🙂

            Curtido por 1 pessoa

            • Luh Alves disse:

              Iria adorar ler um post seu sobre Maquiavel.
              Estou em uma vibe de ficção, mas os meus livros preferidos são os realistas, especialmente os que fazem criticas aos comportamentos humanos. Anotei todas as dicas aqui e em breve irei fazer a leitura.
              Quando a 1984, é um livro que quero muito conhecer, como disse acho que dificilmente vou me decepcionar com ele. hahaha

              Curtido por 1 pessoa

              • Laércio Becker disse:

                Ah, mas com certeza! Mesmo sem ainda tê-lo lido (o que é uma falha de minha parte), as referências são todas excelentes, pois é um verdadeiro clássico da literatura mundial. Estou ansioso para ler a sua futura resenha sobre ele. 🙂

                Curtir

  4. Laura Calais disse:

    Adorei as escolhas, ta todo mundo falando sobre A garota no trem, e realmente parece ser muito bom, to louca pra ler! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  5. Vera disse:

    Meninas, minha meta são 2 por mês.. Dificil, mas espero mesmo conseguir!
    Adorei o post!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  6. Agda Marianne disse:

    Olá, bom dia!! Te fiz uma indicação, venha ver https://toqsutil.wordpress.com/2016/01/04/premio-dardos/ Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  7. Meninas que legal, já li a série “A Seleção”, “Fahreinheit 451”, “Extraordinário”, “1984” e “Ensaio sobre a cegueira” e super recomendo, não irão se arrepender 😉 Bjos

    Curtido por 1 pessoa

  8. patriciacousseau disse:

    Oi Mari,
    Adoreii as dicas e espero ler algum deles eheh
    Estou lendo Louca pelo Garoto – Bridget Jones, mas parece interminável 😀

    Feliz Ano Novo!!
    Beijos, Pati.
    http://www.paticousseau.com

    Curtido por 2 pessoas

  9. Vanessa disse:

    1984 também está na minha lista. Eu havia colocado Will & Will mas escutei uma crítica, de um amigo que particularmente tem uma opinião que aprecio muito, de que não era muito bom!Vai saber não é? rs
    Caso se interesse, esta é minha lista:
    https://quasemcrise.wordpress.com/2015/12/30/livros-para-2016/

    Curtido por 1 pessoa

  10. roccalex1 disse:

    Estarei esperando com ansiedade cada resenha, minhas queridas. Principalmente Agosto e o Xangô de Baker Street, da sua lista, Malú querida, e Fahrenheit 451 e Laranja Mecânica da sua, Lúh querida.
    Torço para que além destes livros listados, vocês duas postem muito mais resenhas durante 2016.
    Espero que tenham um ano novo maravilhoso, repleto de paz e alegria, com muitas realizações para ambas e que nossa amizade se fortaleça ainda mais, minhas queridas.
    Um milhão de beijos para as duas.
    Alex

    Curtido por 1 pessoa

  11. Adorei esse desafio meninas!! Achei bem legal a proposta de vocês e adorei os livros escolhidos :)) A Garota no Trem é um suspense e tanto, e Extraordinário é um livro lindo e para refletir!
    Beijinhos ❤

    Curtido por 1 pessoa

  12. Tina Siqueira disse:

    Ei meninas. Adorei as escolhas de vocês. Eu procuro ler um livro por mês, mas não gosto de manter listas. Tem sempre aquele mês que eu quero ler um romance ou um mistério… deixo pra escolher quando acabo de ler. Tenho 3 em casa para ler, mas já tem outros livros que eu quero comprar! Qual leitor que não é assim. kkk
    boa leitura para vocês e um maravilhoso 2016. Bjos
    http://www.uberfashionblog.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

  13. Carol Rezende disse:

    Malu, também tentei ler Pequena Abelha 2 vezes sem sucesso. Já até repassei ele, mas vou querer saber o que achou depois de ler. Bjo 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário e sera respondido...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s