Dica de leitura: Cem anos de Solidão

Título: Cem anos de Solidão
Autor: Gabriel García Márquez
Páginas: 394
Editora: Record
Assunto: realismo mágico
Classificação: 5/5

Em Cem anos de solidão, Gabriel Garcia Márquez narra a incrível e triste história dos Buendía – a estirpe dos solitários para a qual não será dada uma segunda oportunidade sobre a terra. O livro também pode ser entendido como uma autêntica enciclopédia do imaginário.

Hoje vou dividir com vocês uma leitura que irá mexer com sua cabeça e seus pensamentos acerca da solidão. Através do realismo mágico de Gabriel Marques, depois de um bom tempo um livro me deixou com expectativas e sem saber o que esperar das páginas seguintes.


Cem anos de solidão nos conta a história da família Buendía, que tem como patriarca José Arcádio Buendía fundador de Macondo, uma cidade (aldeia) fictícia. José Arcádio  casou-se com Úrsula e o casal decide deixar o povoado onde viviam, entre os motivos estava o fato de Úrsula ser prima de seu marido e muitos afirmavam que desta união poderiam nascer aberrações – como crianças com rabo de porco. E após 26 meses de travessia da serra em busca de uma saída para o mar, frustada, fundaram Macondo.

“a aldeia mais arrumada e laboriosa que qualquer outra que seus habitantes tivessem conhecido. Era de verdade uma aldeia feliz, onde ninguém tinha mais de trinta anos e onde ninguém tinha morrido”.

Úrsula gerou três filhos:  José Arcádio, Aureliano, que contrasta interiormente com o irmão mais velho, e Amaranta. O casal também criou Rebeca, que foi enviada de forma misteriosa da antiga aldeia, sem pai nem mãe. Essa é a base da família que cresce de forma assustadora durante a obra. Um personagem recorrente, que não é membro da família, mas que sofre com o mesmo mal que assola os Buendía: a solidão, é o cigano Melquíades, grande amigo de José Arcádio, que o apresentou a magia e a ciência.

cigano Melquíades

Um fato interessante é a repetição dos nomes durante as gerações (inclusive das mulheres), são tantos  José Arcádios e Aurelianos que em certo ponto pode causar uma confusão, deixando o leitor sem saber sobre qual personagem se refere. A confusão fica maior pelo fato de personagens com o mesmo nome herdarem o mesmo gênio. Durante a leitura aos poucos percebemos que o livro é cíclico, além da personalidade dos personagens se repetir, personagens citados no início da trama retornam de forma surpreendente.

Árvore genealógica da família Buendía

Cem anos de solidão traz grandes histórias e isso é o posso lhes contar, sobre as 7 gerações dos Buendía. A trama que tem como pano de fundo o povoado, que assim como a família teve seus anos de glória, mas também de decadência e guerra, foi o local onde os Buendía viveram até o último da estirpe. Superando doenças, forte calor e chuvas intensas.

16 - Quatro anos de chuva ininterrupta em Macondo

“E choveu por quatro anos, onze meses e dois dias”.

“Viu com uma impotência surda como o dilúvio fora exterminando sem misericórdia uma fortuna que em certa época era tida como a maior e mais sólida de Macondo e da qual não restava nada a não ser o mau cheiro.”

Vale dizer que o livro aguça nosso imaginário nos mostrando situações inimagináveis como o fato  que desde a fundação, durante muitos anos ninguém morrer em Macondo; uma mulher ascender aos céus literalmente (um dos trechos que me marcou e surpreendeu), conversas com fantasmas, os membros do povoado contraírem a peste da insônia (uma doença que os deixava sem dormi), um pergaminho indecifrável, o uso da alquimia e a busca pela pedra filosofal. Entre outros fatos estranhos à realidade.

Meme Buendía, Maurício Babilônia e as misteriosas borboletas amarelas.

Preciso compartilhar que a maioria dos Buendía a meu ver eram bem “calientes”, presenciamos homens com sexo avantajado, prostitutas e amantes com frequência. A trama é rica, representa vários tipos de pessoas da puta á santa, do louco ao mago.

Cem anos de solidão (GGMarquez) Jose Arcádio volta todo tatuado - Por Carybé:

Jose Arcádio volta tatuado

A obra não é muito grande, porém é muito densa, viva, tudo acontece muito rápido e é perneada de detalhes que a enriquecem. A linguagem não é difícil à leitura flui, porém de uma forma mais lenta (a meu ver) pelo fato de muita coisa acontecer desde as primeiras páginas. Para ser sincera do início ao meio eu simplesmente amei o livro, do meio para o fim ele foi satisfatório talvez por me cansar um pouco de uma obra tão intensa, mas que ainda assim me despertava grande interesse eu ia dormi pensando nos Buendía e acordava um tanto agitada para saber o que mais aconteceria com personagem X ou Y, ele nos conta várias histórias em paralelo, de modo que a leitura fica bem amarada sempre deixando uma curiosidade no leitor. Quanto ao final, posso dizer que foi um dos melhores desfechos, eu fiquei surpresa, e não consigo imaginar um melhor. O livro todo é excelente, mas se ainda não fosse, só o seu fim vale muito a pena.

(…) “Porém, antes de chegar ao verso final já havia compreendido que não sairia jamais daquele quarto, pois estava previsto que a cidade dos espelhos (ou das miragens) seria arrasada pelo vento e desterrada da memória dos homens no instante em que Aureliano Babilônia acabasse de decifrar os pergaminhos, e que tudo estava escrito neles era irrepetível desde sempre e para sempre, porque as estirpes condenadas a cem anos de solidão não tinham uma segunda chance sobre a terra.”

Espero que gostem da dica. :))

Até mais.

Luh.

Anúncios

Sobre Luh Alves

"Luana Alves – 21 anos, mineira, aquariana inconstante e apaixonada pela vida, viciada em livros e louca por séries."
Esse post foi publicado em livros, resenhas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

36 respostas para Dica de leitura: Cem anos de Solidão

  1. Clara Rocha disse:

    Estou doida para ler esse livro, do fundo do coração! Todo mundo falando tão bem dele. Eu imagino que deva ser um pouco difícil no começo, mas tenho certeza que ele é um livro de muita emoção. Está na minha listinha ♥

    Curtido por 1 pessoa

  2. Malu Barroso disse:

    Luh, essa é uma bela dica de leitura! “Cem Anos de Solidão” é um romance de apaixonante! Sua resenha demonstrou toda a essência do livro. Tenho certeza que despertou a curiosidade de muita gente.
    Parabéns! Seu blog é maravilhoso.
    Beijinhos! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi, Luh! Amei a sua resenha e fiquei louca para ler esse livro!!
    Quando puder, dê uma passadinha no meu Blog Sopa de Letras?
    http://www.fernandamlisboa.wordpress.com
    Valeu!
    Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Pingback: Metas de leitura: A quinta onda + Filme | Livros e Vitrolas

  5. kmylinha disse:

    Do Gabriel Garcia Marquez eu li somente o livro Memória das Minhas Putas Tristes adorei a forma que ele conduz a história. http://ladomilla.blogspot.com.br/

    Curtido por 2 pessoas

  6. Sensacional postar a árvore genealógica! akjhsdkajshd
    Eu li esse livro quando era adolescente e não lembrava de muita coisa da história. Mas lembro perfeitamente que AMEI quando li, viciei em Gabriel Garcia Marques! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  7. Luh.. amei sua resenha, ficou ótima!! A história deste livro parece ser maravilhosa e to doida de vontade de ler hehe.
    Um beijão linda ❤

    Curtir

  8. Nayara Rosolen disse:

    Oi, meninas!!! Indiquei vocês ao Prêmio Dardos aqui no blog, https://nayararosolen.wordpress.com/2016/01/20/premio-dardos/, espero que o ano de vocês já esteja sendo incrível e desejo que termine da mesma forma!!! Beeeijos :*

    Curtido por 1 pessoa

  9. Cacau disse:

    Nossa que lindo…estou muito ansiosa para começar essa leitura ❤

    Curtido por 2 pessoas

  10. camilazaions disse:

    Que história mais linda esse livro conta! Fiquei louca para ler! Amei a resenha, Luh! Beeeijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

  11. Laércio Becker disse:

    Esse clássico é uma das milhares de falhas de leitura da minha parte. Que bom que vc enfrentou o desafio, o que lhe proporcionou redigir essa excelente resenha, parabéns! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  12. Clara Rocha disse:

    Estou doida para ler esse livro. Isso porque eu estou participando de um desafio literário e esse é um dos livros que está na lista.Sua resenha me fez querer lê-lo ainda mais. Estou ansiosa demais para colocar minha mão nessa obra de arte ❤

    Curtido por 2 pessoas

  13. laynnecris disse:

    Muito bacana a resenha! Estou lendo este livro. Mas, bem devagar devido as minhas outras tarefas mais urgentes. Estou gostando apesar de ainda estar no terceiro capítulo, de um modo interessante é bem divertida a narrativa e bastante reflexiva também.

    Abraços

    Curtido por 2 pessoas

  14. Lari Reis disse:

    Vou confessar que… Mesmo com tanta gente sempre falando desse livro, eu ainda não li. Sempre tive medo de achar muito confuso, mas segue na minha lista!

    Curtido por 1 pessoa

  15. Nine disse:

    Esse livro é daqueles que fazem parte da gente! Me leva a lugares que nunca estive, mas que sempre fizeram parte de mim! Sempre revisito. Beijinhos!

    Curtido por 2 pessoas

  16. Modo Abstrato disse:

    Sempre qui ser este livro mas inda não li 😦

    Curtido por 2 pessoas

  17. Malu Souza disse:

    Amiga, cada dia mais talentosa. Com toda a certeza, essa foi a melhor resenha que você já escreveu… Que venham outras ainda melhores! Que livro fantástico… me empresta? HAHAHA 🙂
    Beijos Nega! :*

    Curtido por 2 pessoas

  18. Carol Rezende disse:

    Amei essa resenha! Uma das suas melhores, senão a melhor. Bjos 😉

    Curtido por 1 pessoa

  19. roccalex1 disse:

    Com esta sua bela resenha, todos quererão ler esta verdadeira obra prima de Garcia Marques.
    Parabéns, Luh querida.
    Mil beijos.
    Alex

    Curtido por 2 pessoas

Deixe seu comentário e sera respondido...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s